Grupos de Investigação
G1 - Ciências atmosféricas, Instrumentação e Clima

O grupo está fortemente envolvido na contribuição para o conhecimento científico mais profundo da atmosfera da Terra e Clima, combinando ferramentas científicas fundamentais, tais como a teoria, as novas tecnologias de observação e modelação de vários processos físicos. O grupo também está profundamente comprometido com a formação de estudantes de graduação e pós-graduação e no envolvimento desses alunos em experiências de investigação, estando muito envolvidos em cursos de Licenciatura, Mestrado e Doutoramento em Ciências da Terra, da Atmosfera e do Ambiente. Além disso, o grupo também se dedica a acções de divulgação para a sociedade em geral, com o objetivo de motivar jovens estudantes.

Os problemas científicos complexos envolvidos nos temas abordados por este grupo, estão relacionadas com as ciências da atmosfera, ambiente e clima e as suas implicações no futuro do planeta e questões relacionadas com a saúde. Especificamente, os principais temas de estudo são:

  • Nuvens, precipitação, aerossóis e gases
  • Qualidade do ar
  • Electricidade atmosférica
  • Limnologia e interacções lafo-atmosfera
  • Avaliação do recurso solar
  • Modelos numéricos de previsão do tempo e modelos de clima
  • Fluxos à superfície e camada limite atmosférica
  • Palinologia e saúde

É dada uma ênfase especial à forte componente experimental, fomentando a integração sinérgica de vários tipos de medidas, técnicas de processamento de dados e análise de dados (in situ, detecção remota activa e passiva e análises laboratoriais) a partir de várias plataformas (à superfície, tanto sobre terra como água, aviões e satélite). Estas actividades são complementadas por competências adquiridas nos últimos quinze anos para o desenvolvimento de instrumentação optoelectrónica, dedicado a estudos atmosféricos, incluindo os projetos mecânicos, ópticos e eletrónicos, a gestão de desenvolvimento, o tratamento de dados e as fases de preparação e experimental.

A componente experimental das atividades do ICT, que é único em Portugal, é crucial para combinar com a modelação atmosférica, com o objectivo final de contribuir para estudos de meteorologia e clima e para a melhoria dos modelos atmosféricos, de lago e biodiversidade, actualmente utilizados e suas parametrizações. Por outro lado, outra actividade actualmente desenvolvida pelo grupo são os estudos de alergias aos pólens, previsão de colheitas e análise de sedimentos e solos por meio de aerossóis biológicos (pólens).

Mais informação sobre este Grupo de Investigação