Grupos de Investigação
G4 - Geoconservação, Geoarqueologia e Educação em Geociências

Coordenador: José Brilha

Os principais objectivos deste grupo de investigação estão distribuídos por três áreas fundamentais:


  • A. Áreas protegidas/Conservação da natureza e de vestígios arqueológicos/Ordenamento do território:
    • Desenvolvimento de uma metodologia para avaliar a geodiversidade e para calcular um índice de geodiversidade adaptado a ser usado como ferramenta em áreas protegidas e ordenamento do território;
    • Cálculo do índice de geodiversidade para áreas protegidas das regiões norte e alentejo;
    • Definição da relação entre o tipo e localização da ocupação humana desde a Idade do Bronze, os elementos culturais (gravuras e outros) e as características geológicas e geomorfológicas do ambiente natural do NW da península Ibérica;
    • Desenvolvimento e aplicação de métodos geofísicos e analíticos não destrutivos em sítios arqueológicos e culturais.

  • B. Recursos para promoção de turismo sustentável baseado na interpretação natural e cultural
    • Avaliação do potencial de uso turístico de geossítios localizados em áreas protegidas das regiões Norte e Alentejo;
    • Desenvolvimento de ferramentas inovadoras recorrendo a conteúdos eletrónicos a serem usados em dispositivos móveis, assegurando recursos multilíngua para apoio à interpretação natural e arqueológica em áreas protegidas e em arqueossítios.

  • C. Educação em geociências e divulgação
    • Desenvolvimento de recursos educativos para envolver alunos promovendo uma aprendizagem baseada na resolução de problemas e estimulando o interesse pelas geociências na sala de aula.
    • Elaboração de recursos educativos para além das simples atividades "hands-on" mas reforçando e incorporando um ensino orientado para a investigação na sala de aula. Este objectivo pode ser apoiado pelo edital “SEAC.2.2014”.
    • Desenvolvimento de estudos sócio-económicos especialmente vocacionados para o desenvolvimento sustentável de áreas mineiras inativas (ligação com o G2).

    • Planeamento e desenvolvimento de actividades e estratégias de forma a integrar princípios de geoética nos curricula e livros de texto do ensino secundário.

    • Produção de recursos inovadores para a divulgação das Ciências da Terra, em estreita ligação com o Centro Ciência Viva de Estremoz. Este objectivo integra-se no edital “SEAC.1.2014.2015”.

    • Estabelecimento do Centro de Media em cooperação com os principais media nacionais. Este centro pretende promover uma adequada divulgação de notícias relativas a geociências, mantendo rigor científico e uma linguagem simplificada.



Este grupo de investigação tem associada uma Linha Temática: Património Geológico e Geoconservação.